SOL DAS ALMAS

É pelo amor, sol das almas, que Deus mais eficazmente atua no mundo.

Você já notou como um belo dia de sol consegue nos fazer bem? A temperatura pode estar baixa, mostrando os prenúncios do inverno, mas mesmo assim o brilho intenso da estrela solar consegue nos trazer ânimo e esperança.

Crédito da Imagem. Adriana Plecat. Todos os direitos reservados.

Algum poeta apaixonado poderia dizer que os raios solares são como um abraço do Criador, fazendo-nos acreditar que estamos seguros, que estamos protegidos.

Mas é através de um outro sol, um sol interior, que o pai mostra-se mais presente em nossas vidas: o amor.

O amor encontrado no coração do homem, manifestado em seus pensamentos e ações; o amor “condição indispensável” para que tudo na vida faça sentido, e tenha valor.

Paulo de Tarso, em sua carta ao povo da cidade de Corinto, afirmava que se não houvesse amor em suas ações, elas não teriam validade, e que se não existisse amor em sua alma, ela nada seria.

O apóstolo ainda trazia a aplicação prática deste ensino, dizendo que “o amor é paciente”, mostrando-nos a virtude da paciência, esta disposição íntima que nos faz esperar com calma, que nos auxilia a evitar a precipitação, que não é passiva, mas é atuante e dinâmica.

“O amor é benigno”, isto é, ele deve irradiar de nossa casa interior, para iluminar outros lares através da caridade, da intenção de fazer feliz aqueles que estão ao nosso redor.

“O amor não arde em ciúmes”, não guarda o sentimento de posse sobre ninguém, pois sabe que não possuímos as pessoas, e que se as amamos, devemos libertá-las.

“O amor não se orgulha, nem se ensoberbece”, é humilde, e faz com que saibamos o nosso devido lugar, conhecendo nossas imperfeições e reconhecendo as dificuldades do próximo, e jamais nos proclamando melhores que alguém.

“O amor não se conduz inconvenientemente”, é delicado, sensível, e se expressa nas pequenas coisas, nas pequenas ações, que são invisíveis aos olhos do mundo, mas que para Deus demonstram nosso interesse e preocupação com as outras pessoas.

“O amor não procura seus interesses”, é espontâneo, não age visando a vantagem, a recompensa. Ele simplesmente ama, se doa, sem exigir retorno.

“O amor não se exaspera”, é tolerante, compreensivo, e sabe que necessitamos compreender as dificuldades alheias, pois todos, sem exceção, ainda as temos.

“O amor não se ressente do mal”, perdoa. Não permite que o veneno do ressentimento prejudique nossa saúde física e espiritual.

E, finalmente, Paulo nos ensina que “o amor não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade”, mostrando-nos que devemos ser defensores da verdade, da sinceridade, mas não desta sinceridade dura que atira as verdades no rosto dos outros – deixando assim de ser virtude.

A verdade deve ser revelada com psicologia, com cautela, visando construir, e não destruir o semelhante.

***

O amor decompõe-se em muitas cores, em muitas virtudes.

É este sol das almas que buscamos, cada um de uma forma,  cada um a seu tempo. Sempre amparados pelo Astro de primeira grandeza que é Jesus, que veio a Terra e permaneceu nestes ares para nos mostrar os caminhos que nos conduzirão ao Criador.

Fontes:
O Problema do ser, do destino e da dor, de Léon Denis e Henri Drummond, O dom supremo.

Texto publicado conforme autorização por escrito do momento Espírita.

Postado por Lison Costa.

Explore posts in the same categories: reflexão

15 Comentários em “SOL DAS ALMAS”


  1. Sim sempre que estivermos amparados por este astro Jesus, nossas buscas nao serão em vão, haverá sempre respostas para nossas procuras.
    Adorei amigo um texto verdadeiramente envolvente.
    Abraços forte


  2. Lison,

    Vc como frater bem sabe q o Sol, sim, ele é o Amor!! Chakra cósmico da 6ª Sephirah, a Beleza, donde desceu Yeshua, Krishna, Buddha e Osíris, Mitra!! Sim, o Amor é o Sol da Alma!! Que nosso Deus nunca permita haja um eclipse duradouro demais desse Sol!!

    Abçs e Feliz Ano Novo!!

  3. isma Says:

    excelente artigo amigo fiquei deslumbrada, as cartas de Paulo são as minhas preferidas(bíblia sagrada)a paz!


  4. Lison,

    Esse texto do momento espírita é lindíssimo, e você o postou numa ocasião muito propícia, pois devemos revelar à todos este maravilhoso Sol que pode brilhar em nossas almas através do amor que espalhamos, que sentimos.

    O amor verdadeiro é isento de interesses, é abnegado, é doação, é perdão, é luz que aquece os mais aflitos corações.

    Somente o amor pode mudar o mundo, pode mudar as pessoas, então, vamos espalhar esse amor e seguir os mandamentos de Jesus: Amai-vos uns aos outros como eu Vos amei.

    Feliz Ano Novo Lison!

    Bjs.

    Rosana.

  5. Valéria Says:

    Maravilhoso texto meu querido Lison… o texto diz tudo sobre o amor… então só me cabe, lê-lo e cultuá-lo!
    Que o sol que aquece as almas, aqueça o coração dos incautos!
    Beijo no coração

  6. Joselito Says:

    Bem, o amor pode e deve ser comparado com o sol, mas, mesmo assim, todo mundo acredita que sabe o que é o amor. Na verdade todo mundo se ilude, e ainda acredita que o sol gira em torno da Terra.

  7. Luísa Says:

    Lison,

    Belíssimo texto, meu amigo! Ele canta e encanta o espírito do Amor.

    Grande abraço
    Luísa

  8. Leila Franca Says:

    Olá Lison,

    Uma linda mensagem… Assim podemos reconhecer quando um amor é verdadeiro. E concordo contigo, um dia lindo é algo contagiante. Muitas vezes voltei para casa num engarrafamento danado em cima da ponte Rio-Niterói às 6 da tarde. Mas a visão do por do sol visto do alto da ponte é tão espetacular, tão deslumbrante que eu pensava: como pode alguém vicar aborrecido diante de uma visão destas!!!

  9. Roberto Says:

    Texto Maravilhoso.parabéns.
    Lison como de costume nos surpreende com um lindo texto.Roberto

  10. Janilton Says:

    Amigo Lison,

    Um excelente texto que ilumina o espírito com os verdadeiros raios de luz que vem do amor. Parabéns amigo por mais uma linda mensagem.

    Abraços!

  11. Lilian Says:

    Olá querido amigo Lison,

    Texto maravilhoso!

    Parabéns por falar sobre cada citação referente ao amor, citado pelo Apóstolo Paulo, quando escreveu sua primeira epístola aos Coríntios: Capítulo 13, versos de 1 a 6, na Bíblia Sagrada:-

    “”O amor é o dom supremo.
    Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.

    Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.

    O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade.””

    Seu texto foi um santo presente de final de ano para nós, amigos dihittianos.

    Feliz 2010!
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

  12. Denize Says:

    Simplesmente lindo este texto, Lison! Nada precisa ser acrescentado!

    Apenas fiquei aqui lendo e me banhando aos raios deste Sol Maravilhoso que teu texto nos traz, através das lições do Apóstolo Paulo. Este Sol chamado Amor que a tudo ilumina e aquece, sem discriminação!

    Belíssima mensagem para esta época, amigo!

    Grande abraço

    Denize


  13. Meu caro amigo, Lison.

    Devemos a cada dia lapidar nosso sol interior, para que ele floresça em bençãos cada vez maiores!

    Magnífico post!

    Forte abraço!

    Tomé Ferreira


  14. Lison,
    O texto de Paulo é um dos mais belos da Bíblia. Gosto de outros como os Salmos 23 e 139, quase todos do Livro de Provérbios, mas o de Paulo é o que melhor expressa o amor que deve haver entre nós, uns pelos outros.
    Belíssima escolha! Mais bela ainda a explanação de cada versículo.
    Aproveito para lhe desejar um 2010 com muito amor saúde, paz,alegria; suceso nos seus projetos; sonhos concretizados.
    Abraço com carinho do amigo,
    Antonio

  15. erickfigueiredo Says:

    Estes textos escolhidos na Bíblia traduzem o verdadeiro sentido do amor.
    Que a paz e a fraternidade possam estar presentes no ano que em breve iniciará.
    Feliz 2010.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: